Fake news – Como se proteger de notícias mentirosas na internet

Blog Zona X

Fake news – Como se proteger de notícias mentirosas na internet
26/09/2018
Fake news – Como se proteger de notícias mentirosas na internet

O número de notícias falsas divulgadas pela internet como verdadeiras é enorme. Com certeza você já se deparou ou recebeu alguma informação que, claramente, não era verdadeira. Mas nem sempre é tão fácil assim identificar uma Fake News – como são chamadas as matérias que divulgam informações falsas.


Esse assunto se tornou tão sério em todo o mundo que especialistas na área estão classificando os tempos atuais como a “era da pós verdade”, movimento descrito como um momento onde conteúdos escritos pela emoção ou opinião tem um grande valor frente às matérias que realmente possuem informações verídicas.


As Fake News podem ser informações caluniosas, exageradas, sensacionalistas ou mesmo de datas passadas, que são escritas e divulgadas como se seu conteúdo fosse relevante e verdadeiro. De fofoca sobre famosos a manipulação de dados importantes, as Fake News estão presentes em todos os tipos de assunto presente a internet.


Alimentos já ficaram famosos como milagres do emagrecimento e da saúde, outros foram condenados como verdadeiros venenos e boicotados por parte da população sem nenhuma base cientifica. Informações falsas sobre políticos chovem nessa época de eleições, e em casos extremos pessoas chegaram a ser agredidas e mortas por causa de informações inverídicas, divulgadas em redes sociais como Facebook e WhatsApp. 


O combate a Fake News

Por serem tão prejudicais a sociedade como um todo, certas medidas começaram a ser tomadas para coibir a criação e a divulgação dessas informações falsas. Só o fato de estarmos dando atenção ao assunto já um ponto de início a esse combate. Quanto mais pessoas preocupadas e procurando validar a fonte do que leem, menos as pessoas perderão tempo escrevendo mentiras.

Nos últimos anos foram criados inúmeros blogs e sites direcionados a investigação de noticias divulgadas livremente pela rede com o Fact Checking. O Fact Checking é o confronto entre informações divulgadas e dados, pesquisas e registros, que poderão definir se estas são verdadeiras ou não.

Empresas como o Google e o Facebook também já estão unindo esforços para combater e barras as Fake News. E todo esse esforço não é à toa. Produzir Fake News pode ser classificado como crime contra a honra, e hoje tramita, dois projetos de lei para criminalizar e punir quem cria e quem divulga notícias falsas.


Como identificar uma Fake News?

Reunimos para você 08 dicas para descobrir se a matéria que você está lendo ou compartilhando é uma Fake News. Confira:

1. Cheque a fonte

Sempre que houver a fonte de onde o texto ou informações contidas nele foram extraídas, vá até o site conferir. Principalmente ser estiverem em oura língua, traduções erradas sejam por ou sem querer são mais comuns do que imaginamos.

2. Busque informações sobre a credibilidade do site

Existem muitos sites que foram criados já com o intuito de divulgar noticias falsas. Outros não tem muita atenção ao que replicam. Por isso é importante pesquisar sobre a credibilidade do site, canal de Youtube ou proprietário da rede social que você está lendo. Procure a página sobre, veja se ela possui informações de contato e nomes reais das pessoas que escrevem na página.

3. Evite sites que já possuem uma fama de Fake

Se você já sabe que algum site tem a fama de criar noticias falsas ou mesmo compartilha-las sem nenhum cuidado com a veracidade das informações, leia as matérias com muito critério. Se já tiver comprovação através de Fact Checking, tire a página da sua lista de visitas.

4.Leia sempre todo o conteúdo

Antes de comentar ou compartilhar qualquer conteúdo, leia-o por inteiro. Alguns veículos para ganhar mais curtidas e aumentar sua taxa de abertura, abusam dos títulos sensacionalistas que nem sempre condizem exatamente com o que realmente a matéria está falando. Esse tipo de matérias é muito encontrado em redes sociais como o Facebook.

Uma pesquisa realizada pela revista Forbes revelou que apenas 59% dos links divulgados das redes sociais são realmente lidos até o final. Ou seja, metade do que é compartilhado é feito sem que a pessoa sequer saiba o que está divulgando.

5. Procure por erros de digitação e de ortografia

A maioria dos sites que criam e divulgam Fake News não são gerenciados por profissionais. Embora pequenos erros sejam comuns até em publicações mais relevantes, erros muito chamativos podem indicar um texto escrito de qualquer jeito e sem nenhum comprometimento com a verdade.

O layout do site também é um item que deve ser levado em consideração.

6. Pesquise em outras fontes

Ao ler alguma notícia, não se contente com apenas uma fonte de informação. Vá até o Google e pesquise mais sobre o assunto. Veja se outros sites de renome estão divulgando as mesmas informações, com mais ou menos detalhes. Notícias importantes costumam ser divulgadas rapidamente pelos grandes meios.

7. Confira a data da publicação

Muitas vezes, as Fake News divulgadas não são 100% mentira e até chegaram realmente a acontecer, mas tempos atrás. A divulgação de informações antigas como novas é muito comum. Verifique sempre a data de postagem de qualquer matéria você receber.

8. Desconfie sempre de matérias alarmantes

Sempre tome cuidado com noticias muito alarmantes. Assuntos muito sérios, mortes, denuncias, produtos milagrosos tem sempre muito mais chance de serem, se não mentirosos, exagerados.

É importantíssimos termos em mente que, a responsabilidade pelo controle da propagação de Fake News também é nossa. Não ajude a viralizar conteúdos que não são verdadeiros. Não compartilhe textos, vídeos, áudios ou mesmo fotografias se não tiver certeza da procedência dessas informações.


Voltar

Mais Vistos

Zamix injeta mais de R$ 6 milhões em investimento em rede de internet fibra óptica

18/05/2021

Colabore com o Grupo de Apoio a Pessoas com Câncer você também

10/12/2020

Já ouviu falar da nova rede social Clubhouse?

11/02/2021

Anúncio