Blog Zona X

Como evitar fraudes no pagamento de boletos pela internet
21/07/2022
Como evitar fraudes no pagamento de boletos pela internet

Compras em sites virtuais, negociações com vendedores online e pagamentos por aplicativos se tornaram cada vez mais frequentes. Este cenário favorece o crescimento do número de golpes em pagamentos realizados pela internet que, apesar de ser mais prático e rápido, pode apresentar grandes perigos. Caso não conheça as medidas de proteção, qualquer consumidor se torna alvo de golpes.  

Para compreender melhor como são realizadas, é necessário conhecer quais são as fraudes mais comuns no cotidiano da internet, alguns exemplos são o boleto fraudado e o golpe do vendedor falso. A primeira, basicamente, é um vírus instalado em computadores que têm a capacidade de alterar os dados da conta que receberá o pagamento de boleto emitido. Já o golpe do vendedor, acontece quando há uma pessoa anunciando um produto falso, no ato de efetuar a compra induz ao cliente pagar um boleto fraudado.  

Para evitar cair nesse tipo de golpe, confira abaixo as recomendações para saber se o seu boleto é verdadeiro:  

  • Confira se o nome do “beneficiário final” é o mesmo que do estabelecimento comercial que está adquirindo o produto; 


  • Confira também a descrição dos produtos adquiridos; 


  • Se tiver alguma dúvida, entre em contato com o canal de suporte responsável pelo site ou aplicativo que o boleto foi gerado.  

Além disso, veja algumas dicas para se prevenir contra esses crimes virtuais

  • Instale um antivírus no computador para que sinalize caso haja alguma alteração;  


  • Conclua os pagamentos apenas dentro das plataformas de compra, como PagSeguro ou MercadoPago; 


  • Não realize compras pelo WhatsApp ou outra plataforma de bate-papo, prefira sites seguros.  

É importante lembrar que, além do risco de perder dinheiro, as práticas criminosas envolvendo boletos bancários também podem colaborar para o roubo de dados pessoais. Seus dados podem ser expostos de diversas formas, sem qualquer proteção ou mapeamento do compartilhamento de informações. Geralmente, os dados recolhidos são CPF, RG e endereço. 

Estar atento a esses detalhes é necessário para evitar futuras dores de cabeça e prejuízos financeiros. Ainda que existam medidas de proteção aos consumidores, somente alguns casos conseguem obter reembolso, nem todos os prejuízos podem ser recompensados pela Justiça. Siga as dicas da laranjinha para viver uma experiência virtual mais segura e inteligente. 


Voltar

Mais Vistos

Internet das Coisas: os 5 produtos que se tornaram tendência nesse mercado

09/06/2022

Descubra cursos on-line e gratuitos disponibilizados pelo Google

02/06/2022

Bem-vind@ ao nosso novo site

10/03/2022

Anúncio