Vírus em roteador: Como acontece, como perceber e como proceder

Blog Zona X

Vírus em roteador: Como acontece, como perceber e como proceder
09/06/2019
Vírus em roteador: Como acontece, como perceber e como proceder

Apesar de serem essenciais em nossas vidas, os roteadores e modens são equipamentos que geralmente acabam esquecidos. Aposto que a última vez que você se lembrou de que utiliza e possui um em casa foi quando sua internet por algum motivo deixou de funcionar, certo?

Mas o que pouca gente sabe é que esses aparelhos também estão sujeitos a serem infectados por vírus que modificam a sua forma de funcionamento e podem até mesmo roubar seus dados inseridos na internet.

Primeiramente vamos entender como funcionar um roteador.

Em uma rede, principalmente as domésticas, o roteador é responsável por gerenciar a conexão da internet com diversos aparelhos e dispositivos como celulares, tablets, computadores, videogames e TVs.

Ele é quem define a identificação de cada dispositivo conectado e, a configuração realizada nesse roteador, é quem define como os dados vão trafegar na rede.

Além disso, todas as comunicações entram e saem através dele. É como se o parelho criasse “rotas” para que você possa acessar a internet.

Quando deseja visitar alguém, geralmente você recebe um endereço, uma “rota” para saber como chegar até a casa da pessoa. Quando a intenção é visitar site na web, não é diferente. Cada página na internet possui um endereço numérico, o IP.

Quando você digira um endereço no seu navegador, é o roteador quem se comunica com o seu serviço de internet e descobre qual a rota a ser seguida para carregar a página no seu celular.

 

E como eles podem ser afetados por vírus?

Os roteadores contêm softwares que podem ter falhas, e é justamente dessas falhas que os cibercriminosos se aproveitam para infectar o aparelho. Eles escaneiam a rede atrás de roteadores expostos e vulneráveis e efetuam as ações maliciosas. E como vimos acima sobre o funcionamento do roteador, o que eles fazem é justamente mudar essas rotas que devem ser seguidas para abrir as páginas na internet.

Os vírus são capazes de alterar os chamados servidores DNS, que é quem traduz o que digitamos em palavras para a rota em números, o IP. Com isso, o roteador passa redirecionar os dispositivos para endereços errados, ou seja, sites falsos. Esses sites geralmente são muito semelhantes aos originais.

Esses sites falsos podem ter inúmeros objetivos como o roubar informações pessoais, ganhar cliques e dinheiro com campanhas de AdWords, exibição massiva de propagandas, ou um ataque DDoS, onde milhares de aparelhos são direcionados para um único servidor, com a intenção de derrubar algum tipo de serviço.

 

Como identificar se o meu roteador está infectado?

Embora identificar quando um roteador foi hackeado não seja uma tarefa assim tão fácil, existem alguns sintomas que podem servir de alerta quando alguma coisa não está correta.

A primeira delas é a lentidão na navegação. Como a rede acaba sendo dividia com outros computadores, é comum que a velocidade e a conexão fiquem cada vez piores. Mas não se esqueça, a internet lenta pode ter ainda milhares de outros motivos.

Outro indicativo, e esse bem mais confiável, é o desaparecimento do cadeado de segurança que aparece no navegador, ao lado da barra de endereço.

Esse cadeado simboliza que o site que você está acessando é confiável, ele sempre aparece seguido de da sigla HTTPS, que indica que o site acessado é seguro e as informações que você venha a inserir nele estão seguras. Quando ele some e o protocolo utilizado passa a ser HTTP apenas, é um indicativo de que o site não é seguro. 

Uma outra forma de perceber se o seu roteador foi infectado, é comparar a mesma página, carregada pelo roteador e carregada através da rede de dados do seu celular, por exemplo. Se ele estiver com a aparência muito diferente, pode ser um sinal de que você está sendo direcionado para um site falso.

 

E como corrijo esse problema?

A primeira opção é resetar o seu roteador para limpa-lo. O procedimento é muito fácil, a maioria dos aparelhos já vem com um botão de “reset”. Ao aperta-lo você volta as configurações para como elas vem de fábrica.

Apagar algumas configurações personalizadas pode alterar o funcionamento do seu wi-fi. Caso não entenda bem do assunto e não se sinta seguro para fazer o procedimento, você pode solicitar a visita de um técnico da sua provedora de internet.

Existem também formas de “limpar” apenas as alterações que foram feitas no seu roteador, sem precisar resetar todas as suas configurações. Essa limpeza é feita na seção DNS dos aparelhos.

 

Como posso evitar que meu roteador seja infectado?

Para evitar que seu roteador fique acessível para hackers existem algumas precauções que podem ser tomadas. Entre elas:

 

1) Sempre troque sua senha de administrador.

A primeira coisa que deve ser alterada é a senha padrão do roteador, aquela primeira para fazer login. As senhas padrões costumam ser muito fáceis e já conhecidas pelos hackers, o que facilita o hackeamento.

 

2) Não clique em links desconhecidos

Além de não acessar, ensine a todas as pessoas que utilizam a mesma rede a não abrirem links com nomes suspeitos ou estranhos, sejam em e-mails ou redes sociais. Uma forma comum de envio de vírus são e-mails com remetentes como bancos, SPC, ou justiça federal. Lembre-se sempre de que esses órgãos não utilizam e-mails para se comunicarem com as pessoas.

Uma dica é posicionar o mouse em cima do link. Na parte de baixo da tela, ele mostrará o caminho do mesmo, e se este tiver um nome estranho, não abra.

 

3) Tenha um bom antivírus

Embora não dê para rodar o antivírus direto no roteador, um aparelho desses infectado passa vírus para os demais aparelhos que se conectam a ele. Ter um bom antivírus instalado em celulares, tablets e computadores pode ajudar a perceber qualquer coisa estranha dentro desses aparelhos.

 

Fique sempre atento ao bom funcionamento da sua internet. Caso perceba a perda de qualidade, velocidade ou acesso a sites estranhos e não seguros, chame um técnico confiável para fazer um diagnostico do seu aparelho.


Voltar

Mais Vistos

Cuidados para se tomar com seus produtos smart

05/05/2022

Conheça a Era do 5G e suas inovações

12/05/2022

Home Office: a importância de uma internet de qualidade no seu trabalho

28/04/2022

Anúncio